4 Fatores sobre o e-commerce de moda que vão te animar

É notável a forma como o mercado de e-commerce vem crescendo, tanto no Brasil, quanto em outros países. O segmento de moda e acessórios, por exemplo, é uma boa demonstração desse cenário.

Segundo o 36° relatório Webshoppers, produzido pelo ebit, este segmento cresceu 14,8% e aumentou o seu faturamento em 6,4% no primeiro semestre de 2017. Além disso, está em primeiro lugar no ranking de compras feitas através do mobile.

Às vezes nem percebemos, mas quase todos os dias acabamos vendo uma nova loja virtual anunciando os seus produtos. Seja no Facebook, no Instagram ou através de algum conhecido.

Apesar de enfrentar certa concorrência devido à grande quantidade de lojas virtuais, o lojista ainda encontra ótimas oportunidades no comércio eletrônico

Listamos abaixo 4 fatores que vão fazer você aproveitar o melhor do mercado digital para turbinar suas vendas online. Confira:

1. Conforto e praticidade

Uma grande vantagem do E-commerce é que qualquer pessoa consegue comprar o que quiser sem ter que ir até uma loja física.

As compras podem ser feitas pelo computador, celular ou tablet a qualquer momento. Sem contar que através da internet, o produto pode ser até 15% mais barato.

Esse é um dos fatores que fazem com que muita gente prefira comprar de uma loja virtual.

2.Variedade de produtos faz a diferença para um e-commerce de moda

Sabemos que no mundo da moda existem infinitos estilos, para todo o tipo de gosto. Um dos benefícios que o ecommerce de moda proporciona é a variedade e quantidade de produtos disponíveis.

Muitas vezes o consumidor tem dificuldade para encontrar algum produto específico. Nesse aspecto, o e-commerce se torna um poderoso aliado para as vendas.

E-book - 8 passos para abrir seu e-commerce

3.Otimização dos investimentos

Um ponto de atenção para o lojista é a questão dos gastos. No caso de uma loja virtual de moda, é necessário pagar pela manutenção do site, campanhas de marketing, produção de fotos e vídeos com modelos, além de outros custos operacionais, sejam eles fixos ou variáveis.

Existem diversas formas de facilitar a mensuração dos resultados de seu comércio virtual, para assim aprimorar os seus investimentos.

É possível, por exemplo, utilizar recursos e ferramentas online para monitorar o seu negócio em tempo real e descobrir desde o comportamento dos consumidores até os resultados obtidos.

Sendo assim, o lojista pode decidir quais ferramentas utilizar e como otimizar a verba de marketing.

Não à toa, só no primeiro semestre de 2017, o e-commerce cresceu 7,5% e faturou mais de R$21 bilhôes., segundo o relatório webshoppers.

4.Parceria com influenciadores digitais é fundamental para um e-commerce de moda

Uma prática que vem ganhando cada vez mais força é a parceria com influenciadores e micro influenciadores digitais. Eles são pessoas com um grande número de seguidores nas mídias sociais são “pessoas reais” que podem ter um estilo parecido com o de sua loja.

A estratégia consiste em falar com o consumidor através da força do influenciador, que pode falar sobre o produto ou serviço que sua marca oferece de uma forma mais natural e adequada ao público-alvo.

Existem diversas formas de fazer isso acontecer. Pode ser enviando produtos para que eles experimentem e divulguem, pode ser através de um cupom de desconto ou vale, fazendo uma campanha com o influenciador, entre outras coisas.

Se você gostou e quer saber mais, conheça o curso de E-commerce Para Moda da ComSchool.

Com ele, você vai aprender sobre gestão da loja virtual, técnicas de marketing, estratégias de SEO, programas de afiliados, fluxograma de pedidos, logística reversa, etc.

Nossas aulas foram feitas pensando em todos os profissionais de moda, comerciantes, lojistas, empreendedores e estudantes que desejam saber mais sobre venda de roupas, calçados e acessórios pela Internet.

Ficamos no coração de São Paulo, na Avenida Paulista. E a melhor parte é que você pode estudar tanto online ao vivo, quanto presencialmente.

Inscreva-se!

Veja também:
→ [Artigo] – Estratégias e Tendências para E-commerce de Moda – Workshop (Vídeo)
→ [Artigo] – Como Escolher um Nicho de Mercado no E-commerce
→ [Artigo] – 3 Tendências para a Black Friday 2019