5 passos para vender seu produto só com e-mail marketing

O e-mail marketing é uma ferramenta do marketing digital que, se usada da maneira correta, trará ótimos resultados para o seu negócio. Tanto é verdade que muitas empresas bem sucedidas focam sua estratégia de vendas no e-mail marketing. É possível, sim, usar-se apenas dessa ferramenta para  disseminar seus produtos e manter o faturamento em alta.

 

Confira os 5 passos para elaborar uma campanha de e-mail marketing de sucesso:

 

1. Tenha um domínio próprio

Em um endereço de e-mail, o domínio é aquela palavrinha que fica depois do arroba. Para fazer e-mail marketing recomendamos que o domínio seja próprio (por exemplo news@suaempresa.com). Além de não parecer muito profissional, usar domínios comuns como yahoo ou gmail aumentam as chances da sua campanha ser interpretada como spam e ser bloqueada pelo servidor.

 

2. Construa uma boa lista de contatos

Já vamos avisando: comprar lista de e-mails não é a solução para conseguir clientes. Você precisa de contatos, não de endereços aleatórios. Portanto, a maneira como você vai consegui-los será crucial para o aceitamento da campanha.

Dica: Estimule o cliente da loja física a preencher um cadastro na hora da compra. Esse já se mostrou interessado no seu produto, portanto receberá bem seus e-mails. Outro jeito de conseguir contatos é através do seu próprio site. Instale um box de newsletter no cabeçalho da página ou um pop up oferecendo vantagens em troca do e-mail.

 

3. Crie um título atraente

No meio dos tantos e-mails que um usuário recebe diariamente, o seu deve se destacar. Faça isso através de um título chamativo e irrecusável. Aquelas palavras que vão no assunto do e-mail são decisivas para o andamento da sua estratégia. Se o cliente não clicar, não será impactado pela mensagem da sua empresa. Portanto, dê muita atenção a essa parte. O assunto deve mostrar que dentro daquele e-mail tem algo muito interessante para quem vai ler. Dica: Utilize gatilhos mentais de urgência, exclusividade ou escassez para fisgar o leitor. Também é interessante prestar atenção no tamanho do assunto; o ideal é usar de 25 a 40 caracteres.

 

4. Chame pra ação

A call to action – ou a chamada pra ação – vai ser responsável pela venda. Se o usuário abriu o e-mail, já andou metade do caminho. O que falta para ele chegar no ponto que você deseja, a tão esperada conversão, é aquele estímulo especial. Então não hesite em chamá-lo explicitamente para a página do produto e coloque um botão de redirecionamento bem visível.

Dica: Reforce no conteúdo do e-mail a urgência (“compre agora”), a escassez (“últimas unidades”) ou a exclusividade (“somente para os primeiros”) para incentivar o cliente a dar o próximo passo.

 

5. Mantenha a frequência

Uma campanha de e-mail marketing trabalha construindo aos poucos o desejo no cliente. Por isso, deve ser uma atividade contínua. Não tão frequente a ponto de incomodar o usuário, mas na medida certa.
Dica: Comece enviando um e-mail por semana. É a quantidade ideal para ficar guardado na memória do cliente sem irritá-lo.

 

Quer aprender mais sobre e-mail marketing? Venha para ComSchool!

Conheça o curso Estratégias e táticas em e-mail marketing!