7 indicadores que não podem faltar no seu relatório de Social Media

Por Douglas Gomides*

Na hora de produzir um relatório de Social Media, muitos profissionais ficam na dúvida de quais informações acrescentarem. Pensando nisso, resolvi criar essa lista de indicadores que não devem ficar fora de nenhum report. Esses 7 indicadores abaixo, se bem trabalhados, podem te auxiliar bastante na utilização das Redes Sociais. Lembrando de uma coisa: Quem tem preguiça, não tem resultado! É necessário ter esse tanto de tabela? – Sim! Se quer ter resultado bom, aprenda a entender e mensurar aquilo que você produziu.

Veja, então, sete indicadores que devem estar em qualquer relatório de Redes Sociais:

1 – Número de fãs ou seguidores

No ambiente do social media, é muito importante observar é quantas pessoas te seguem ou te curtem. O acompanhamento deve ser semanal, e as informações cruzadas com as postagens publicadas.

Se, por acaso, você perceber que o seu número de seguidores ou fãs está caindo, ligue o sinal de alerta. Observe o que você tem feito e reavalie a sua estratégia. Não se constranja em mudá-la várias vezes. A cada mudança você irá aprender mais sobre seu público e aperfeiçoar sua campanha. Além de se preocupar em aumentar esse número, não se esqueça de tentar aqueles fãs que já foram conquistados. Conteúdo é umas das chaves para isso.

2 – Dados demográficos e localização

Quem eles são? Quantos anos eles têm? Da onde eles são? Perguntas que devem ser respondidas em seu relatório. Busque entender quem é a persona para quem você está falando. A produção de textos, vídeos e imagens deve ser baseada nesses dados para que possam ser mais assertivos.
Com essas informações, é mais fácil criar a brand voice e produzir conteúdo com um potencial maior de “compartilhabilidade”. Lembre-se: Além de ser bem escrito e inédito, atualmente, o conteúdo tem a obrigação de ser compartilhável, e, sabendo para quem você está falando, essa tarefa se torna mais fácil.

3 – Número de seguidores participativos

Legal! Então você tem 300 mil seguidores no Twitter e nem 10 interagem com sua publicação? A sua estratégia precisa ser revista URGENTEMENTE. Certamente, há alguma coisa errada. Ou os conteúdos não estão bons, ou as postagens estão em horários errados, ou sua base de fãs está cheia de fakes e usuários inativos.
Para essa última suposição, apresento para vocês o Mange Flitter. Essa ferramenta vai te ajudar a identificar aqueles seguidores que estão em sua base, porém não utilizam as redes sociais. Ou seja, criaram o perfil, porém nunca acessaram.
Analise se ter essas pessoas te seguindo é bom ou ruim para a sua conta. Se pergunte: Quero quantidade de seguidores ou qualidade de interação? Como alcançar os dois juntos?

4 – Likes e Shares nas Social Medias

Tem ferramenta para mensurar esses dados? Ótimo! Não tem? Uma tabela de Excel consegue muito bem suprir as suas necessidades. Esses dois indicadores mostram se seu conteúdo tem sido relevante ou não para o seu público. Por exemplo, quando for criar suas publicações, planeje aquelas que você quer atingir likes e shares. Se por acaso, esses posts tiverem vários comentários, é necessário rever a estratégia usada. Delimite um foco e faça de tudo para alcançar. Se você quer likes e shares, por mais relevantes que comentários sejam, você não alcançou o que queria. Não se engane mudando os indicadores depois dos resultados alcançados. Isso só vai prejudicar sua empresa e ninguém mais.

E-book - Principais Indicadores do E-commerce

5 – Comentários

O ambiente do social media deve ser um lugar no qual empresas e público tenham uma comunicação horizontal e bilateral. Os comentários são uma maneira de manter a conversação com seu usuário. Não esqueça de responder nenhuma interação, seja ela boa ou ruim.

Uma dica interessante é criar uma tabela com a data e a hora da publicação, o texto da publicação, a imagem, o comentário, se ele é positivo, neutro ou negativo e a resposta dada por você. Dessa maneira você conhecerá melhor seu target e poderá mensurar e avaliar a saúde na sua marca na rede. Dúvidas e perguntas constantes devem ser tratadas com mais atenção, e respondidas com conteúdo na própria página, pois são assuntos de interesse geral.

6 – Menções em Social Media

Principalmente no Twitter e no Instagram, essa KPI é um dos fatores mais relevantes. Quanto mais falam de você, mais você é visto e com isso mais pessoas conhecem a sua marca. Busque hashtags de assuntos que tem a ver com seu negócio e interaja com o público que as utiliza. Não tente vender, tente educar. Gere bom conteúdo sobre o tema e ofereça a quem tem interesse no assunto: o número de menções aumentará, e, como consequência o de seguidores também.

7 – Tráfego de dados

É essencial conciliar as ações das redes sociais com o seu website. É interessante sempre colocar links para seu site nas publicações de seus perfis. Por isso, sempre dizemos que o Google Analytics é também uma ferramenta chave para quem trabalha com Social. Observar quantos porcentos das pessoas que acessam o seu site vem das redes sociais é necessário para o seu planejamento. Lembre-se: Tudo na internet é interligado então o cruzamento de dados deve ser feito e, o planejamento de ação deve ser integrado, pensando em site, e-mail marketing, social media e todas as ferramentas de interação com o público. Analise, por exemplo, qual post do Facebook, conseguiu mandar mais pessoas para a sua página. Veja as características desse post, nas tabelas citadas acima e, utilize-as para a produção dos próximos.

Seguindo esses sete indicadores, a chance do seu sucesso na internet será bem maior. Mas lembre-se que o trabalho é a longo prazo. Portanto, sem desespero e mãos à obra.

*Douglas Gomides – Formado em Jornalismo na UFOP e especializado em Marketing Digital. Com experiência no Brasil e na Europa, ele trabalha há mais de 7 anos com redes sociais e já participou de projetos para clientes como Sony, UCD, Ford, Itambé, Rede Pitágoras e Forno de Minas. Atualmente ele é responsável pelo Campfire Digital Knowledge, que presta serviço de consultoria e de cursos a empresas e instituições de todo Brasil.

Veja também:
→ [Artigo] – O que são redes sociais para profissionais?
→ [Artigo] – Planejamento de marketing digital integrado e sua importância
→ [Artigo] – 7 indicadores que não podem faltar no seu relatório de Social Media