Amazon bate recordes graças a cloud computing

Quando a grande maioria dos analistas de mercados esperavam perdas, a Amazon contrariou as previsões e apresentou lucros de 71 milhões de euros. De acordo com o Wall Street Journal, a empresa conseguiu surpreender graças ao crescimento de um setor considerado não-essencial.

A divisão de ‘cloud computing’, que fornece processamento e serviços informáticos remotos a clientes, dobrou as receitas no terceiro trimestre deste ano, registando os maiores ganhos operacionais de sempre: 469 milhões de euros.

A Amazon declarou recentemente que apesar de ser ainda uma pequena parte da empresa, a cloud poderá a longo prazo ultrapassar a dimensão do segmento de comércio eletrônico nas contas do grupo.

Os inesperados lucros entre julho e setembro criaram uma onda de otimismo entre os investidores, fazendo disparar as ações da empresa para valores nunca antes vistos. A Amazon viu os títulos chegarem perto dos 600 dólares na quinta-feira, 22, colocando o valor total da empresa em quase 300 mil milhões de dólares (270 mil milhões de euros), um total que colocou a Amazon à acima do Facebook na lista de cotadas mais valiosas de Wall Street.

Via@ Notícias ao Minuto