Como escolher o meio de pagamento para o seu e-commerce

A escolha do meio de pagamento que será implementado em sua loja virtual é um fator chave para o bom desdobramento dos negócios.

Um bom sistema de pagamento deve agradar tanto o vendedor quanto o comprador. Para o cliente é importante oferecer muitas opções de pagamento (crédito, débito, boleto…), também oferecer segurança e facilidade, dando mais chances da compra ser realmente finalizada e aumentando a taxa de conversão. E para o empreendedor digital é importante que suas necessidades sejam atendidas, que as taxas do meio de pagamento escolhido sejam coerentes com a necessidade de manter uma boa margem de lucro e que haja segurança no recebimento dos valores.

Por isso, pesquisar bem e entender os prós e cons das plataformas de pagamento existentes hoje no mercado antes de decidir é um passo decisivo para que a loja se destaque e venda mais.

São basicamente dois meios de pagamento disponíveis hoje no mercado: os gateways de pagamento e os intermediadores.

Gateway de pagamento criam uma afiliação direta entre a loja virtual e as administradoras de cartão. Os mais conhecidos gateways são a Cielo e a Redecard. Muitos donos de e-commerce optam por essa forma, pois as taxas de juros são menores do que os intermediadores de pagamento e os valores pagos pelos clientes são depositados diretamente na conta da empresa, entre outros fatores positivos.

Os intermediadores de pagamento, como já diz o nome, são empresas que intermediam o pagamento, então o valor pago pelo comprador é recebido por essa empresa e depois de um tempo o empreendedor pode resgatar e transferir para sua conta bancaria. Os intermediadores também já são bem conhecidos pelos clientes e vêm ganhando cada vez mais adeptos no mercado. Os mais conhecidos no Brasil são: Pagseguro, Mercado Pago, MOIP, Pagamento Digital

Usar um intermediador de pagamento na sua loja online é uma maneira prática de receber pagamentos, eles oferecem diversas opções para o cliente e são bem flexíveis, adequando-se bem às plataformas de e-commerce, também a filiação é feita rapidamente, sem burocracia e é um método bem seguro, já que fazem análise anti-fraude. Porém, as taxas de juros são maiores do que as dos gateways, as aprovações dos pedidos podem demorar uns 2 dias e geralmente exigem que o cliente digite duas vezes os dados cadastrais.

Antes de tomar a decisão de qual método você quer implementar, é interessante levar em consideração alguns critérios, como por exemplo:

E-book - Habilidades do Gerente de E-commerce

Faça uma pesquisa na concorrência sobre o meio de pagamento

Veja quais foram as escolhas das lojas online que têm o mesmo perfil que a sua, mesmo produtos e clientes. Tente entender as razões da loja ter escolhido tal método. As grandes lojas, que têm um giro grande de vendas, precisam de métodos de pagamentos seguros e eficientes, por isso é interessante observá-las.

Compare taxas

Entre as diversas empresas no mercado você vai encontrar uma variação nas taxas cobradas. A sua escolha não deve ser pautada apenas nisso, optando rapidamente pela menor taxa. É bom entender e comparar os diferenciais oferecidos e ver se vale a pena optar pela taxa menor ou pagar um pouco mais e receber outras vantagens.

Analise os prazos oferecidos

Tanto nos gateways de pagamento, quanto nos intermediadores de pagamento, analise quais são os meios de pagamento e quantidade de parcelamento que eles oferecem e também conheça os prazos e as formas que os valores serão recebidos pela sua empresa. Geralmente os intermediadores só disponibilizam os valores para o dono do e-commerce em um período de tempo que pode variar entre 2 semanas a um mês. E os Gateways disponibilizam no dia da compra.

Importante é você definir suas prioridades, lembre-se que segurança é um fator fundamental, tanto pra o empreendedor quanto para o cliente e deve ser uma das primeiras preocupações ao fazer uma decisão. Lembre-se também que facilidade, descontos em pagamentos à vista e oferecer diversas opções de realizar compra são atrativos que aumentam significantemente as conversões.

Se você quer se aprofundar nesse assunto e também aprender o passo a passo de como abrir uma loja virtual de sucesso, desde a escolha do domínio, da plataforma de e-commerce, entendendo o marketing digital, o SAC e etc. A ComSchool oferece o curso COMO ABRIR UMA LOJA VIRTUAL DE SUCESSO!

Confira aqui nossa próxima turma: Como abrir uma loja virtual de sucesso.

Independente do meio de pagamento, confira outros conteúdos para otimizar o faturamento de seu e-commerce:

Bons negócios e até a próxima!