Como escolher um nicho para vender no E-commerce?

Como escolher um nicho para vender no E-commerce?

Ao iniciar um projeto de E-commerce, a principal questão para resolver é: o que vou vender?

Quando o empreendedor sabe que quer abrir um negócio e que um e-commerce pode ser um excelente canal de vendas, mas ainda não sabe o que vender, vai ser necessário decidir que nicho de mercado quer atingir e que produtos vender.

Os e-commerces de nicho são mais rentáveis porque levam valor agregado e conteúdo de qualidade para os consumidores, fugindo da guerra de preços.

No entanto, antes de escolher seu nicho, considere algumas questões:

  • Escolha um nicho de mercado que você tem afinidade. Mesmo que não tenha uma paixão em vista, procure vender aquilo que acredita ser interessante e que você goste. Se você não tem muita ligação com os animais, por exemplo, pode não ser uma boa ideia vender acessórios para cachorro.
  • Estude bem o ecossistema do nicho, ou seja: quem são os fornecedores? Quem são os clientes? Quem são os concorrentes? Qual o tíquete médio? Qual a frequência de compra? Entre outros detalhes.
  • As grandes lojas virtuais não vendem para um mercado específico e são mais abrangentes, mas, para um pequeno empreendedor, é necessário escolher um segmento, se especializar nele e saber que está fazendo seu melhor naquele mercado.
  • O maior benefício de ter um nicho de mercado é que você pode se especializar no seu produto e criar conteúdo e fazer marketing focado no seu público-alvo. Muito mais fácil (e barato) falar com pessoas de características iguais do que transmitir uma mensagem mais ampla para um público muito abrangente, concorda?
  • Assim como a comunicação é mais fácil com um público segmentado, reconhecer o que ele precisa, como se comporta e quais as necessidades dos clientes é uma poderosa arma para crescer as vendas da sua loja virtual.

A partir dessas questões, avalie minuciosamente os nichos de mercado, pesquise sites semelhantes ao que pretende ter, busque informações de crescimento ao longo dos anos e tome sua decisão considerando, preferencialmente, o que vai te fazer um profissional feliz.

Para finalizar, separamos alguns nichos de mercado explorados em e-commerces para te ajudar a ter ideias.

  • Bebidas: cervejas, vinhos, cafés e outras bebidas são muito encontrados em lojas virtuais, com planos recorrentes para delivery ou para entregas pontuais. Boa opção para os amantes de bebidas especiais e, também, para presentes.
  • Mundo Fitness: um segmento muito comum na internet são as roupas e acessórios para esportistas e pessoas que buscam se exercitar. Os alimentos saudáveis também já são muito vendidos em e-commerces, que oferecem pratos prontos para quem quer comer de forma saudável ou para quem tem restrições alimentares. 
  • Informática: a venda de celulares, notebooks, acessórios e tudo que comporta o mundo da informática são, cada vez mais, encontrados e comprados pela internet.
  • Mundo pet: acessórios, roupas e tudo que faz parte do mundo animal também é um nicho de mercado bastante encontrado na internet, por isso é interessante considerar um e-commerce voltado para o mercado pet.
  • Infantil: roupas, brinquedos, acessórios e até móveis para bebês e crianças são encontrados em e-commerces de todo o país.
  • Moda: para um público masculino ou feminino, desde acessórios, até sapatos e roupas, este nicho é bem concorrido na internet, com diversas opções para gostos e bolsos diferentes.
  • Artesanatos e objetos de decoração – Vantagens: médio peso e cubagem. Médio valor agregado. Baixa competitividade (produtos exclusivos). Desvantagem: baixa frequência de compra. Baixa concorrência
  • Móveis e decoração: materiais para casa, móveis, quadros, tapetes e tudo que envolve a decoração de ambientes já são encontrados em lojas virtuais que entregam no Brasil todo.
  • Comidas e doces: os pratos e doces gourmets chegaram, não somente, nas lojas físicas, mas já são vendidos em lojas virtuais também.
  • Festas: decoração, lembrancinhas personalizadas e todos os utensílios usados em festas podem ser encontrados na internet, em lojas virtuais que entregam produtos escolhidos e customizados de acordo com o cliente.

O fato de vender um desses produtos pela internet por si, não é garantia de sucesso. Não quer dizer também, que os outros produtos estejam fadados ao fracasso. Saiba que o sucesso ou o fracasso de um negócio depende muito mais de quem está por trás do que do negócio em si.

O quanto de energia você vai dispender pra coisa dar certo? O quão detalhado e bem feito será o planejamento. Enfim, já dizia o velho ditado, o “sucesso” só vem antes do “trabalho”, no dicionário!