Como Gerenciar o Estoque do Seu E-commerce em 3 Passos

A importância de gerenciar o estoque do E-commerce

No e-commerce, um dos principais elementos de logística é a gestão do estoque. Obviamente, quando você coloca um produto à venda na sua loja, ele deve estar disponível para entrega se o cliente comprar. Parece simples, mas, na prática, gerenciar o estoque não é assim tão fácil. É preciso que haja  integração do sistema de controle de estoque com a solução de e-commerce para  que não as informações não se percam no caminho. Só assim você evita situações chatas como ter de dizer ao cliente que o produto que ele comprou vai demorar mais um mês para chegar ou que não está mais disponível.

 

1- Ferramentas para controle de estoque

Primeiramente, é imprescindível controlar minuciosamente tudo que entra e tudo que sai do seu estoque. É preciso registrar todas as movimentações realizadas. Para isso, você pode optar por um software de gestão de estoque ou recorrer a ferramentas mais simples, como planilhas do Excel. Até mesmo um caderno com linhas e uma caneta podem resolver o controle do estoque. Tudo depende do tipo e do tamanho do seu negócio. O que importa mesmo é registrar as transações regularmente.

 

2- Quando solicitar reposição de estoque

Para garantir que o seu estoque esteja sempre abastecido, conforme a demanda, primeiramente, é preciso conhecer o fluxo de venda dos seus produtos: quais saem mais e quais saem menos, quando são procurados e quando não são.

Para isso, será necessário analisar o histórico de vendas, que só estará disponível se você tiver mantido um controle de estoque eficiente até então. Além dos dados da planilha, observe também fatores macroambientais. A sazonalidade é um deles: em datas comemorativas como Dia das Mães e Natal exigem uma atenção especial. Outros fatores como temperatura, economia e política também podem influenciar no fluxo de vendas. Fique atento às novidades para se programar melhor.

 

3- Fornecedores de confiança

Não adianta você planejar o seu estoque com antecedência, se os seus fornecedores não cumprem o prazo ou não entregam o prometido. Ter fornecedores de confiança é imprescindível. E sempre que for trocar um fornecedor, faça o pedido com antecedência.

E, nas lojas virtuais que praticam Drop Shipping, essa relação de confiança deve ser ainda mais forte. O Drop Shipping é um estoque compartilhado com o fabricante, ou seja, a loja só pede o produto para a fábrica quando o cliente compra. Essa estratégia funciona principalmente para os empreendedores que não têm muito capital para investir, mas exige uma sintonia enorme entre empresa e fornecedor.

estoque-no-ecommerce

 


Precisando se especializar para essas questões práticas e tão essenciais do comércio eletrônico? Conheça o curso E-Commerce na Prática da Comschool. Você vai aprendendo e colocando o conhecimento em prática e pode sair com a sua loja funcionando ao final do curso, que também é disponibilizado online. Clique aqui para saber mais!

O curso também está disponível no Rio de Janeiro. Acesse clicando aqui.

Além desse, a ComSchool tem outros 170 cursos que podem ajudar você a turbinar a carreira e fazer um networking de alto nível. Todos os cursos dão direito aos Selos Profissionais Certificados.