Como usar um ERP para vender em marketplaces

Vender na internet é muito além de montar uma loja virtual, aguardar os clientes encontrarem seu endereço e efetuarem compras. É preciso estar atento às tendências e ir ao encontro dos clientes, para ganhar projeção digital e construir uma marca forte e com boa reputação online. Vender em marketplaces (no plural, pois podem ser múltiplos canais) é uma estratégia que cresce a cada dia, e torna-se a nova realidade do varejista de e-commerce. 

O consumidor, cada vez mais, busca canais de venda que já comprou, ou que reconhece como marca para escolher os seus produtos, e através de um sistema de gestão, fica fácil integrar a sua loja aos principais players do mercado. 

Vantagens de vender em marketplaces

O marketplace é um site voltado ao comércio eletrônico destinado a vender produtos de diferentes lojas. É um shopping virtual onde é possível encontrar opções de produtos e serviços oferecidos por estabelecimentos parceiros. Confira as principais vantagens:

1. Maior visibilidade

Quando a loja virtual está inserida em grandes marketplaces, ela passa a ganhar a audiência daquele canal. Por isso, é importante que as descrições, as imagens e as informações do anúncio sejam bem estruturadas para chamar a atenção do consumidor e não deixar dúvidas sobre o seu produto. 

2. Menor investimento com divulgação

É possível aproveitar dos investimentos de marketing do próprio marketplace, e também a plataforma já deverá fazer os investimentos em segurança, mantendo a proteção dos dados dos seus consumidores por um custo menor para o lojista.

3. Maior alcance para sua loja

Estar integrado a marketplaces, significa poder alcançar uma grande variedade de públicos, permitindo às lojas forte presença digital. Também é importante estar em diversos marketplaces para que esse alcance seja ainda maior, indo ao encontro da procura do consumidor. 

4. Praticidade e agilidade para Vender em Marketplaces

Pensando também do ponto de vista do consumidor, é mais prático procurar os produtos que deseja através de um marketplace, e para o lojista, representa uma ida ao encontro do consumidor. O marketplace é um shopping virtual onde as lojas podem vender seus produtos ao público que já procura o site de compras. 

5. Aumento de chances de vendas

Um outro ponto muito benéfico de vender em marketplaces é que eles proporcionam maior retenção dos consumidores. Isso porque eles ficam mais tempo na página, o que normalmente oferece a chance de maior navegação entre seus produtos. 

Mais canais, mais chances de vendas

No universo online, é importante manter a presença digital através de múltiplos canais de venda. Esta também é uma estratégia para ter mais chances de vendas efetuadas. 

A audiência que um marketplace tem a loja virtual sozinha pode demorar muitos anos para ganhar, pois isso, começar as vendas em um marketplace é sempre importante. Quanto maior a audiência, mais o público que você deseja estará disposto a comprar o seu produto. Por isso vale analisar quais marketplaces estar presente, levando em conta o seu nicho de mercado para estar onde o consumidor do seu produto vai comprar.

Outras estratégias que são interessantes para efetivar ainda mais vendas através de marketplaces podem ser: 

Frete grátis ou prazo de entrega reduzido

O consumidor não deseja apenas um preço atrativo na compra, os fatores de frete e prazo de entrega são ferramentas valiosas na hora de atrair o cliente. Além de deixar o consumidor mais propenso para a compra, torna seu produto mais competitivo perante o mesmo produto de uma loja que tem custo de entrega.

Outra opção interessante pode ser o comprar na site e retirar na loja, quando houve essa opção. Os motivos que levam o consumidor a preferir este formato é justamente o fato de não precisar pagar valor de frete, e também a instantaneidade em poder ter o produto de forma mais rápida.

Integração para vender em marketplaces

O negócio com os setores integrados, acaba refletindo na melhor experiência do consumidor. Além disso também é importante pois colabora para a organização do negócio como um todo, incluindo a expansão digital, a otimização de tempo de gestão e a exploração de diferentes oportunidades comerciais.  

Gerenciar um negócio no e-commerce também envolve muito processo de gestão interna. Manter os processos organizados é fundamental para melhorar a experiência do consumidor e manter seu estoque, caixa e entrega organizados. 

Sobre o Bling

O Bling, que é pensado para negócios de e-commerce, mantém seu sistema financeiro integrado às vendas e a entrega, fazendo com que o registro de tudo o que acontece no seu negócio tenha uma única central de informações. Ou seja, o ERP é um aliado para operacionalizar os serviços relacionados ao e-commerce de forma integrada com todas as frentes de atuações. 

Se ainda não é cliente Bling, faça um teste grátis por 3 meses utilizando o cupom #comschool e confira na prática os benefícios e as facilidades que um sistema de gestão ERP online, descomplicado e eficiente pode fazer pelo seu negócio.

Veja também: 
→ [Evento] – WebSeminário: Cadastro de Produtos nos Marketplaces
→ [Podcast] – Como aumentar suas vendas nos principais Marketplaces
→ [Curso] – Curso de Gestão de Marketplaces