Por que criar landing pages?

É impressionante como alguns conceitos do varejo offline quando migram para o online ganham nomes mais sofisticados. Landing Page é um exemplo.

Landing Page ao pé da letra significa página de aterrisagem ou página de entrada. Essa definição, no entanto, não dá a real dimensão de como uma landing page pode fazer a diferença no dia a dia de suas estratégias de vendas online. Então, vamos a um breve comparativo para que você possa entender o conceito de uma landing page e, claro, saber quando e como usá-la.

Uma comparação bem básica: vamos supor que você tenha uma loja física e deseja destacar uma linha de produtos. De certo, vai criar uma vitrine bem caprichada com esses itens ou vai destinar uma ala interna para reunir e expor esses produtos de forma bem atrativa, com degustação, test drive e promoções de determinadas linhas. E melhor: vai criar artifícios para que o cliente passe e entre naquele espaço. Daí, o cliente quando vê esses produtos reunidos e bem expostos se sente atraído a dar uma atenção especial e em boa parte das vezes, ele acaba fazendo uma comprinha.

Página de Entrada

A premissa é a mesma quando você for querer destacar uma promoção em seu e-commerce. Para vender mais, você pode reunir numa página vitrine – a landing page – uma série de produtos e montar uma estratégia para que seu cliente em determinados momentos entre por aquela página, preparadíssima para fazê-lo conhecer as melhores opções daquela linha de produtos.

Na prática, você pode desenhar uma land page para ofertar produtos para a Páscoa, Dias das Mães, Copa do Mundo, Dia dos Pais, Dia das Crianças entre outras dadas comemorativas.

Recomenda-se que você parametrize essa página no Google Analytics com uma URL bem vendedora, como www.seusite.com.br/dia-das-maes. Esse cuidado de parametrização vai ajudá-lo a saber quantas pessoas acessaram aquela landing page e quantas concluíram a compra, dados que irão ajudá-lo a avaliar se essa campanha de marketing foi um sucesso.

Para fazer a página de entrada “bombar”, você pode promover sua landing page enviando o link parametrizado, por e-mail marketing aos clientes ou produzindo um banner, que pode ser destacado na homepage. Não esqueça que é importante sempre preservar a mesma identidade visual de sua landing page no e-mail marketing e nos banners.

Matou a charada?

Ao desenvolver uma landing page, tenha em vista que além de um bom design, sua landing page também pode destacar textos, artigos e matérias sobre os produtos destacados. Lembre-se de que conteúdos editoriais de qualidade favorecem que a seja bem indexada na busca orgânica do Google, trazendo mais tráfego com baixo custo.

Uma land page, no entanto, não precisa ficar restrita às datas sazonais. Você pode elencar entre as palavras-chaves que o seu Google Analytics destaca como as mais pesquisadas em seu e-commerce, para criar uma landing page com esses temas. Assim você reúne em um só lugar, os itens mais procurados pelos visitantes do site.

Para saber mais sobre como criar landing pages, conheça o curso de Marketing de Conversão da Comschool.