Diferença entre Marketing B2B e B2C

B2B é a sigla para a expressão Business to Business, que significa transições comerciais entre duas empresas (indústrias, distribuidores, revendas, etc.) Já a sigla B2C é o Business to Commerce, quando as transações são feitas de uma empresa diretamente para o consumidor final. A diferença entre B2B e B2C está, basicamente, em quem é o público-alvo. Sendo assim, em termos de comunicação com o cliente, a abordagem das estratégias de marketing são bem distintas nos dois casos.

 

O marketing B2B tem interesse no público corporativo, portanto um público pequeno e seleto. Sendo assim, não se utilizam de meios massivos para a comunicação e preferem o marketing de relacionamento – estão presentes em eventos da área, mantém contato personalizado com os responsáveis comerciais, etc. As estratégias a longo prazo são muito apropriadas para o B2B, pois, nesse mercado em que as negociações envolvem grandes compras, o cliente analisa muito bem o produto ou serviço antes de comprar. O processo de venda é prolongado e requer que o vendedor acompanhe o cliente até que ele se decida pela compra.

 

Já no marketing B2C o foco é o público massivo, um público numeroso e disperso. Para atingí-lo, as empresas se utilizam de meios de comunicação de massa como TV, rádio, jornais e revistas. No B2C, a compra é normalmente realizada para o uso pessoal do cliente. Por isso, a compra é impulsiva e muito influenciada pelas emoções. Nesse caso, as estratégias de marketing buscam resultados rápidos com ações que impactem o maior número de pessoas possível.

 

O marketing digital também pode ser um recurso de divulgação em ambos, B2B e B2C. As ferramentas e os canais digitais utilizados são os mesmos para os dois mercados, o que vai mudar são as estratégias. O B2C usa o marketing digital para o mesmo fim que o marketing tradicional, que é conquistar a afinidade do consumidor e vender o produto ou serviço rapidamente. No B2C, os links patrocinados e as ações em redes sociais, por exemplo, geram e atraem demanda.

 

Já no B2B, as ações digitais são evangelizadoras. Como nesse mercado as transações são mais complexas e envolvem um longo período de pesquisa e análise por parte dos clientes, é importante ter um bom material sobre sua empresa na internet. Conteúdo relevante e informativo sobre o seu produto ou serviço passarão confiança e credibilidade ao cliente que ainda está em processo de julgamento sobre sua marca.

 

Parece confuso pensar o marketing para dois mercados completamente distintos, mas, como em toda estratégia de comunicação, você deve pensar o marketing de acordo com o público a ser impactado. Seja quem for o seu consumidor, corporativo ou massivo, basta que você o compreenda para saber como atingí-lo da maneira mais apropriada.