Empreendedores: A resposta está acima das nuvens!

Ok, o título pode soar meio piegas, mas uma tarde de chuva forte em São Paulo me fez pensar na situação de diversos empreendedores que estão buscando soluções para abrir uma loja virtual.
Na chuva, vemos o céu fechado, cheio de nuvens carregadas e não conseguimos enxergar um raio de sol; há apenas sombras e monotonia. Contudo, aprendemos nos livros de ciências que o sol está lá e brilha forte acima das nuvens.

Algumas pessoas com quem converso, e que estão em fase de análise do mercado, pesando os prós e contras, reclamam que abrir uma loja virtual é mais difícil do que parecia no começo e a ideia já não é tão atraente quanto antes.

Os argumentos são os mais variados e vão desde os preços caros pagos às plataformas de e-commerce, até os altos custos de campanhas de marketing digital. Em geral, esses empreendedores se queixam com frequência de todas as pequenas taxas envolvidas no desenvolvimento de uma loja virtual, como mensalidades de soluções de pagamento, custos com análises de risco, armazenamento dos produtos, frete, sistemas de segurança e certificação, embalagem, criação de conteúdo, otimização do site, produção de fotos, salários e outras despesas fixas, sem contar, é claro, com os impostos.

Existe, ainda, a preocupação com as estratégias de divulgação da loja, que vêm apresentando custos mais elevados. Para se ter uma ideia, é comum o cenário em que os gestores do negócio precisam investir cada vez mais em campanhas baseadas em CPC, pois os custos por clique também subiram.

Sem dúvida, abrir uma loja virtual não é tarefa fácil e se engana quem pensa que basta cadastrar alguns produtos numa plataforma self-service. Há todo um esforço que o empreendedor deve dispender no negócio que está nascendo para que os resultados se sustentem.

8 passos para abrir seu e-commerce

Além de tudo isso, o tempo investido nas tarefas que precisam ser realizadas antes de colocar a loja no ar, como pesquisa de mercado, busca de fornecedores, estudos de viabilidade, plano de negócio, benchmarking e outros. A conclusão é que diante disso o empreendedor desanima e acaba desistindo do projeto de e-commerce.

Fato é que, mesmo com algumas dificuldades, abrir uma loja virtual ainda pode ser uma excelente ideia, e estruturar bem todos os alicerces do negócio pode fazer com que a operação atinja o sucesso desejado. Empreender no mundo digital ainda requer coragem do empreendedor, além de um olhar otimista para driblar todo o pessimismo que pode surgir no caminho.

Vale a pena todo o esforço? Recorro ao poema “Mar Portuguez” (com z mesmo), de Fernando Pessoa, nos versos: “Valeu a pena? Tudo vale a pena / Se a alma não é pequena.” Mais adiante, no mesmo poema, ele nos ensina que não há vitória sem esforço: “Quem quer passar além do Bojador / Tem que passar além da dor.”

É a velha máxima No Pain, No Gain.

É necessário pensar num dia chuvoso. Mesmo com toda a chuva, o sol ainda brilha forte. A resposta está acima das nuvens!

Maurici Junior é consultor de E-commerce na iHouse Web e coordenador do Projeto Empresa Junior da ComSchool, onde também ministra aulas de E-commerce, Marketing Digital, Mídias Sociais e Alibaba.com. É professor convidado na pós-graduação de Assessoria da Comunicação em Mídias Sociais da Anhembi Morumbi, em São Paulo, e no MBA em Marketing em Vendas do IBG Rondonópolis.