Empresa de venda de moda online deve faturar US$ 6 milhões

Já consolidado no exterior, o mercado de vendas de roupas e sapatos pela internet começa a ficar mais encorpado no Brasil. Muitas startups estão se inspirando no site americano Net-a-Porter e investindo na venda online de peças, em especial as de luxo. É o caso do The Boutique.

Atualmente, os sócios da empresa são Angelo Grizzo (CEO), José Ricardo Rezek (sócio-fundador), Flavio Chede (CFO) e Mariana Penteado (ex-Daslu, responsável pelas grifes e compras).

A plataforma entrou no ar há menos de um ano e agora investe para crescer. “A gente se baseou no Net-a-porter e focou nas marcas internacionais”, conta Angelo Grizzo, CEO da empresa. Para o primeiro ano de operação, a empresa recebeu um investimento de 10 milhões de reais.

Com esta movimentação, a empresa pretende exportar 3 milhões de dólares em produtos de marcas como Issa, Hartford e Current/Elliott. Isto deve gerar um faturamento de 6 milhões de dólares já em 2012.

Hoje, o site vende 2 mil produtos por mês, cerca de 70% dos consumidores são mulheres, das classes A e B e mais da metade das entregas é enviada para a região sudeste. O ticket médio é de 400 reais, mas há peças que chegam a mais de 4 mil reais, como um vestido da grife Missoni.

A empresa planeja faturar 1 milhão de reais por mês, contando com a chegada de novas marcas internacionais. Assim como outras empresas brasileiras, o site já sonha também em explorar o mercado da América Latina.

Fonte: Exame