Entenda melhor o público jovem que usa a internet

Há pessoas e empresas que desejam vender e publicar os seus produtos ou serviços em todo lugar e para todos os públicos. Na publicidade, muito se fala sobre conhecer seu público-alvo para atingir de maneira mais direta o seu consumidor ativo.

Por esse motivo, o Núcleo Jovem da Editora Abril apresentou recentemente uma pesquisa feita com 1.211 internautas da faixa de 15 a 24 anos. A pesquisa tem o objetivo de levantar informações a respeito do comportamento de consumo dos jovens internautas e qual a relação deles com as redes sociais.

Desses jovens, a grande maioria é de estudantes. A renda familiar desses jovens gira em torno de R$ 1.020,00 e R$ 2.500,00 (27%) e R$ 2.550,00 e R$ 5.100,00 (26%).

Esses jovens têm preferência pelo Twitter, enquanto o Facebook fica em segundo lugar, seguido de perto pelo Orkut. Importante notar que o Orkut é mais acessado por adolescentes de 15 a 18 anos, enquanto o Facebook tem mais apelo para a faixa de 19 a 24 anos.

Esses jovens usam as redes sociais, ficando conectados de 3 a 5 horas por dia. Os assuntos mais procurados são música, entretenimento e jogos. Suas atividades principais incluem assistir, postar e comentar vídeos, fotos de amigos e notícias. Apesar de bem ativos nas redes, eles não atualizam com frequência seus perfis.

Para eles, a principal função das redes sociais é a de consumir informações e estreitar os laços de amizade já existentes fora do ambiente web. Por esse motivo, o Twitter reina como a rede mais acessada.

Outro ponto interessante é observar que os jovens são muito reticentes quanto à segurança das redes sociais. 80% têm medo de ser vítima de roubo de informações por meio das redes sociais e eles não se sentem seguros em fornecer números de documentos ou de cartão de créditos.

O mais importante é notar que entrevistados afirmam não comprar motivados por propagandas em redes sociais. Por outro lado, eles costumam usá-las para fazer pesquisas antes de comprar algum produto. Quando as ações publicitárias interessam esses jovens, envolvem promoções, jogos, aplicativos ou testes. Já as críticas aos produtos e serviços influenciam muito na escolha no jovem.

Achou interessante? Então confira a pesquisa completa no link AQUI:

 

Fonte: Midiatismo