Entrevista com Mauricio Salvador, Presidente da ABCOMM sobre as previsões para o mercado online em 2016.

Nosso país já possui as maiores taxas de crescimento no mercado online do mundo. Conhecemos grandes grupos como CNOVA e B2W, donos de lojas conhecidas; mas a fatia responsável por boa parte do crescimento é formada por pequenas e médias empresas de e-commerce.

Dados recentes apurados pela ABCOMM – Associação Brasileira de Comércio eletrônico, comprovam que o mercado de e-commerce brasileiro não para de crescer como mostra o gráfico abaixo:

 

gráfico-absurdamentegrande

 

Nós da ComSchool resolvemos fazer algumas perguntas para o Presidente da ABCOMM, Mauricio Salvador a respeito das previsões para esse ano. Confira abaixo:

Em relação as lojas virtuais

ComSchool – Conhecemos lojas do mercado online que vendem de tudo, mas quais os principais segmentos que dominam o e-commerce?

Mauricio – Os setores que mais crescem e dominam o e-commerce são Moda e Acessórios, Eletrodomésticos, Saúde e Beleza, Eletrônicos, Informática.

ComSchool – Consegue listar alguns fatores que levaram ao sucesso desses segmentos?

Mauricio – O aumento da penetração de internet, novos consumidores aderindo ao canal, a percepção de que comprar pela internet é mais barato.

Sobre meios de pagamento na internet:

ComSchool – Algumas pessoas ainda têm medo de fazer suas compras pela internet, muitas delas têm receio no momento de pagar. Qual o meio de pagamento mais usado nas vendas online no ano passado?

Mauricio – Nas compras online o meio de pagamento mais utilizado é o cartão de crédito. O levantamento desses dados no ano passado mostrou que o cartão de crédito domina 81% das transações sendo que o boleto bancário fica em segundo lugar com15% e o resto é dividido entre transferência e depósito 4% e outros: 1%.

E quando o assunto é Investimentos no mercado online:

ComSchool: Quais os valores de investimentos realizados pelo setor em 2014, 2015 e previsão para 2016? Quais os principais destinos dos recursos e fontes de financiamento?

Mauricio: Não consigo passar os valores de investimentos. Mas sabemos que os principais destinos tem sido tecnologia, campanhas de marketing digital e automação de processos logísticos.

Sobre perspectivas da ABCOMM para esse ano para o mercado online:

ComSchool – Como a associação avalia os impactos da atual crise econômica, com a alta de juros e queda da renda e emprego e a consequente retração do consumo? Esse cenário poderá trazer novas oportunidades para o setor?

Mauricio – Percebemos um aumento no número de pessoas que buscam o e-commerce como forma de empreender. Isso tem ocorrido devido ao aumento no número de desempregados. O faturamento no setor, no entanto deve continuar crescendo mesmo num cenário de crise, pois o consumidor ainda vê na internet como um canal mais barato para comprar e dessa forma, opta pelo e-commerce. Além disso, estimamos que quatro milhões de brasileiros farão sua primeira compra no mercado online em 2016, o que oxigena o setor.

ComSchool – Como a associação avalia as perspectivas do setor nos próximos anos? Quais os desafios e oportunidades do setor?

Mauricio – O principal desafio ainda é na área logística. Os Correios não conseguem atender o crescimento do setor. Há uma forte tendência internacional em adotar o modelo chamado de parcel shops, onde o consumidor compra online e retira o produto em um ponto comercial perto de sua casa ou trabalho. Esse modelo cresceu mais de 3.000% na Europa nos últimos três anos. Seria uma forma de reduzir ou até mesmo acabar com a dependência nos Correios. As compras via smartphones também são forte tendência. Em 2012 o volume de compras feitas por esses dispositivos representava pouco menos de 5%. A expectativa é que no final de 2016 30% das compras no e-commerce brasileiro já estejam sendo feitas por smartphones.

ComSchool – Como a associação avalia os possíveis impactos nas suas atividades da nova forma de cobrança de ICMS?

Mauricio – Estimamos que o setor deixará de crescer 18% e cresça somente 8%, uma perda de mais de R$ 5 bilhões no faturamento anual. Além disso, é uma ameaça à sobrevivência de milhares de micro e pequenos empresários do e-commerce, que não terão como atender essa regra.

Conclusão

O mercado do e-commerce continua crescendo, mas temos alguns desafios pela frente. Você precisa estar preparado e conhecer as ferramentas que vão te ajudar nos negócios. Conheça o curso de Gerente de Ecommerce e Marketing Digital da ComSchool, com professores de altíssimo nível. Você irá aprender temas relacionados à logística, operações, estratégias, finanças, tributação, buscadores, redes sociais, marketing digital, estudos de casos, meios de pagamentos, fraudes e gestão, entre outros.

E-book - Habilidades do Gerente de E-commerce