Google e Facebook entram no ramo das compras coletivas

Os sites de compras coletivas já são um sucesso, não só no Brasil, mas no mundo. Até o final do ano passado, havia mais de 6 milhões de usuários desses serviços. No Brasil, os sites mais importantes são o Groupon, Clickon e Peixe Urbano. A grande vantagem desses sites é a possibilidade de oferecer produtos com descontos que variam de 20% até 90%. Vendo o tamanho sucesso dos sites de compras coletivas, o Google ofereceu para o Groupon (o maior site do gênero no mundo), uma proposta de aquisição no valor de 6 bilhões de dólares. A proposta foi recusada, o que forçou a Google criar seu próprio negócio: o Offers.O Google Offers foi lançado em caráter de teste aos usuários da cidade de Portland, nos Estados Unidos. A mecânica do serviço no momento é idêntica aos dos outros sites. Espera-se que com o passar do tempo esse serviço tenha uma maior integração com os outros serviços do Google, como a sua nova rede social, Google+.E quem acaba de entrar nesse mercado de compras coletivas é o Facebook, com o seu Deals. Por enquanto, o Facebook Deals está em teste nas cidades americanas de Atlanta, Austin, Dallas, São Diego e São Francisco. O grande diferencial do Deals é a integração com a rede social. Em vez de entrar num site específico, o usuário receberá as ofertas nas abas da página do Facebook, assim como também pode compartilhas essas ofertas com seus amigos. Outra vantagem é a possibilidade de usar os créditos do Facebook para comprar os produtos oferecidos pelo Deals.A briga entre o Google e o Facebook parece que vai esquentar ainda mais. Após o lançamento de sua nova rede social que promete bater de frente com o Facebook, as empresas vão brigar também pelos sites de compras coletivas. No final, quem ganha mesmo é o consumidor. Resta agora saber quando esses serviços vão chegar ao Brasil.