Mobile responde por 51% do GMV total do Alibaba

O GMV (Gross Merchandise Volume) do Alibaba da China no varejo de marketplaces cresceu 40% em relação ao ano passado e os consumidores ativos do ano também aumentaram para 350 milhões, um aumento de 37% em relação ao ano anterior, de acordo com os resultados financeiros do Alibaba no primeiro trimestre de 2015.

O Alibaba estendeu sua posição de liderança no mobile para 289 milhões de usuários ativos mensais no aplicativo mobile para e-commerce no mês de março e US$ 49 bilhões em GMV mobile durante o trimestre encerrado em março.

O Grupo Alibaba também anunciou que Daniel Zhang, atual Chief Operating Officer do Grupo Alibaba vai se tornar também o CEO do grupo ainda em maio.

alibaba-revenues-q1-2015

O GMV transacionado no varejo de marketplaces do Alibaba da China no primeiro trimestre de 2015 foi de 500 bilhões de RMB (US$ 97 bilhões), um aumento de 40% em relação ao ano anterior. O GMV transacionado no Taobao foi de de 381 RMB (US$ 61 bilhões), um aumento de 29%. Já o GMV do Tmall foi de 219 bilhões de RMR, ou US$ 35 bilhões, um aumento de 62%.

O varejo de marketplaces da gigante chinesa contabilizou 350 milhões de consumidores ativos no ano nos últimos doze meses anteriores a março de 2015, comparado com 334 milhões em doze meses terminados em dezembro de 2014. O crescimento em consumidores ativos anuais foi encabeçado pelo crescimento dos usuários acessando as plataformas do Alibaba através dos dispositivos móveis. Os consumidores ativos cresceram ao redor da China, em um crescimento rápido e contínuo nas cidades menores.

De acordo com o iResearch, o aplicativo mobile do Alibaba para o Taobao App continua a ser o aplicativo mais usado no e-commerce da China.

alibaba-revenues-q1-2015 (1)

 

O aumento da receita foi de 45% no RMB 17,425 milhões (ou US$ 2,811 milhões) no primeiro trimestre de 2015, comparado aos 12,031 milhões de RMB no mesmo trimestre de 2014, liderado principalmente pelo crescimento em comissão de receita e também pela receita de serviços de marketing online.

A receita mobile do e-commerce do Alibaba na China cresceu 352% em RMB (US$846 milhões) ou 40% do e-commerce da receita do varejo na China, no trimestre que terminou em março de 2015, comparado com os 1,162 milhões de RMB ou 12% da receita do varejo chinês, no mesmo trimestre de 2014, devido principalmente ao aumento do GMV criado a partir dos dispositivos móveis e também ao aumento nas taxas de monetização mobile.

Com informações de: China Internet Watch