A Morte do Facebook, Diminuição de Alcance e Desafios de Engajamento

Em entrevista para o canal da Comschool no Youtube, a professora Liliane Ferrari aborda questões polêmicas como a suposta “morte do facebook”, a mudança do alcance das páginas, entre outras. Liliane é professora da ComSchool nos cursos de Ecommerce para Moda, Ecommerce para Saúde e Beleza e Gerente de Mídias Sociais

É verdade que o Facebook está com os dias contados?

O Facebook é a única rede com uma plataforma de mídia tão completa. Até hoje, nenhuma outra rede conseguiu entregar algo parecido. Sua força se dá, principalmente, porque o facebook conseguiu projetar o boca a boca – antigo conhecido do marketing – para uma dimensão tão ampla que é a internet.

Liliane exemplifica: Se um amigo meu curte a página de uma determinada marca, quando sou impactada por essa informação, eu tenho o aval do meu amigo que está (mesmo que sem perceber) me recomendando a tal marca. É esse contexto social que torna o facebook insubstituível pelo menos a curto prazo. Por isso, não devemos pensar na morte do facebook. Ao contrário, devemos aproveitar os 83 milhões de perfis ativos dessa rede.

O alcance das páginas mudou?

Com o amadurecimento do facebook e o crescente número de usuários e páginas, inevitavelmente, o alcance das postagens sofreu uma redução. Para driblar essa mudança, o gerenciador da página deve estar atento ao tipo de conteúdo que gera mais interação para apostar sempre nele.

Como podemos melhorar a dimensão do alcance?

Liliane dá uma dica bem simples: o próprio administrador da página pode curtir o post da marca e, assim, dar mais alcance a essa postagem. Além disso, seguir as regrinhas básicas de manter a periodicidade, com posts diários e em horários estratégicos sempre será decisivo para o alcance do seu post.

A melhor estratégia é conhecer o público-alvo?

Esse é o primeiro passo a ser dado. Você deve entender que, dentro do seu público-alvo, há aqueles que estão online e aqueles que não estão. Também é importante identificar dentro do seu segmento aquele grupo que mais quer o seu produto para poder, então, otimizar a sua estratégia no facebook. Ou seja, com esse direcionamento às pessoas especificamente interessadas você alcança seus objetivos em muito menos tempo.

Post com imagem converte mais?

O ser humano é muito visual. E levando em conta que a plataforma mobile é, atualmente, a principal tela, devemos considerar a imagem como a parte mais importante de um post. A imagem será responsável por impactar até mesmo quem está “passando os olhos” no facebook pelo celular.

 

Confira a entrevista na íntegra no nosso canal: