Networking Digital Day: Os segredos de uma operação de e-commerce

Como o transporte pode ser seu grande diferencial

A ComSchool promoveu mais uma manhã com trocas de conhecimentos e palestras incríveis. A edição de setembro do Networking Digital Day teve a presença de especialistas em transporte, logística, marketing digital e e-commerce.

A primeira palestra do evento foi realizada por Rodrigo Palos, sócio-fundador da Cargo BR. Ele falou sobre o tema “Como o transporte pode ser seu grande diferencial” e começou sua apresentação com panorama histórico do transporte nacional.

De acordo com Palos, 60% do que é transportado no Brasil passa por nossas rodovias.

O início deste desenvolvimento foi na década de 1950, quando as indústrias começaram a crescer bastante, como a siderúrgica e a de automóveis.

Assim, criou-se a necessidade do país se conectar e o meio mais rápido foi o modal rodoviário. “O objetivo foi alcançado, mas alguns detalhes foram esquecidos, como o alto custo de manutenção e hoje vemos o reflexo disso ao longo dos anos”, comentou Palos.

Conforme Palos, o transporte rodoviário fatura cerca de R$ 400 bilhões por ano, o que representa 5% do PIB total demonstra como é um mercado rentável e importante para nossa economia.

Mesmo assim, não avançou muito e ainda com práticas arcaicas.

“Há um grande desperdício, pois 46% dos caminhões que rodam pelo estado de São Paulo estão vazios. Não existe um comercial eficiente, não existe tecnologia que consiga integrar as partes necessárias para se fazer um transporte. Isso por pura ineficiência e não indica que falta carga ou veículo”, alertou Palos.

Além disso, temos problemas nas estradas e apenas 28% das rodovias públicas estão em bom estado e só 14% estão pavimentadas. “Essa falta de cuidado com o estado das rodovias gera custos operacionais em 25% (em média), o que nos deixa muito menos competitivos e mais lentos”, comentou Palos.

Caminhos para ter um transporte eficiente

Apesar deste cenário, o mercado de e-commerce está em expansão e a previsão de faturamento ainda neste ano é R$ 69 bilhões e um aumento de 15% em relação ao ano anterior.

É um crescimento extremamente forte em relação ao ano passado. A taxa de conversão média foi de 1,5%, 31% das compras foram feitas em marketplaces e 55 milhões de consumidores compraram nas lojas virtuais”.

“Quem trabalha com ecommerce tem muito o que se preocupar e o transporte não deveria ser uma das preocupações, como taxa de abandono de carrinho, melhoria de fluxo de conversão e como atingir novos clientes”, comentou Palos.

Para melhorar a eficiência do transporte e a operação do e-commerce, em um país que priorizou o desenvolvimento do transporte rodoviário, podemos contar com a logística.

Este setor tem como objetivo conseguir entregar o produto certo, da forma mais adequada, no menor tempo possível e gerando somente o custo necessário.

Confira as medidas para melhorar o transporte na logística:

  • Pessoas experientes na empresa;

  • Negociação com diversas transportadoras;

  • Criação de uma mesa de fretes;

  • Conceito de torre de controle;

  • Gestão adequada de documentos;

  • Gestão dos pagamentos.

Vendas no Marketing Digital

A palestra seguinte foi conduzida por Rogério Godoy, head da Mediapost que falou sobre o tema “Vendas no Marketing Digital”.

Godoy começou a apresentação alinhando conceitos, como prospect, cross selling, régua de envio de e-mail, fluxo de nutrição, lead, up selling, outbound marketing e inbound marketing, entre outros.

O intuito foi nivelar os participantes e apresentar o e-mail marketing como uma solução para alavancar as vendas no marketing digital.

Confira os conceitos a seguir:

  • Prospect – quem demonstra interesse em solucionar uma dificuldade, entrando em contato com sua equipe, pesquisando produtos ou serviços no seu site ou tornando-se ativo no consumo dos conteúdos que a sua marca produz sobre determinado “problema”.
  • Cliente – quem que confia a defesa de seus interesses ou direitos a um advogado, procurador ou tabelião; constituinte.
  • Consumidor – pessoa que adquire um produto ou serviço à venda.
  • Oportunidade – é o rótulo dado a um Lead quando ele está decido a comprar.
  • Landing Page – também conhecida como página de conversão, é uma página que tem todos os elementos voltados à conversão do visitante em Lead, oportunidade ou cliente.
  • Inbound Marketing – conjunto de estratégias de marketing que visam atrair clientes usando conteúdo relevante. Explora canais como blogs, mecanismos de busca e redes sociais.
  • Outbound Marketing – prospecta ativamente novos clientes.
  • Régua de envio de e-mail – nome atribuído a uma sequência de envio de e-mails como começo, meio e fim. Seu início tem origem em uma determinada situação.
  • Fluxo de nutrição – tem o papel de tratar a pessoa de uma maneira orgânica, sem sentir que está sendo forçada a fazar nada.
  • Up selling – estratégia de vendas na qual algo adicional é sugerido para um produto ou serviço.
  • Cross selling – estratégia de venda que sugere algo complementar ao que está sendo comprado.
  • Funil de vendas – também chamado de pipeline, é um modelo estratégico que mostra a jornada dp cliente do primeiro contato com a sua empresa até a concretização da venda e, em alguns casos, além dela.

Todos estes conceitos são parte de uma estratégia de vendas no Marketing Digital. “Usar o funil de vendas como guia para o planejamento das ações digital é a melhor forma de transformar estranhos em clientes e promotores do seu produto ou serviço”, explicou Godoy.

Neste universo do Funil de Vendas, podemos utilizar o e-mail marketing para atrair vistantes para o site (loja virtual, landing page etc).

“Quando você escolhe e-mail marketing você não compra audiência, diferente de quando você trabalha com o Google ou Facebook. Você fala com pessoas que querem receber o seu contato. O e-commerce quer o mesmo que uma loja física: que tenha muitos visitantes e potenciais clientes.”, comentou Godoy.

Habilidades que os profissionais de ecommerce precisar dominar

Para fechar o Networking Digital Day, Maurici Junior, diretor e sócio da ComSchool, apresentou “5 habilidades que os profissionais de loja virtual precisam dominar para ter sucesso numa operação de e-commerce”.

O mercado de e-commerce está em pleno crescimento e, conforme dados da ABComm, em 2019 a previsão é que o setor fature R$ 79,2 bilhões em vendas.

Assim, é importante que os profissionais de e-commerce desenvolvam algumas competências para ter excelentes resultados nos negócios. Confira, a seguir, as cinco capacidades:

1 – Planejamento da operação de e-commerce

É importante ser um profissional de e-commerce multidisciplinado e com a capacidade de lidar com os seguintes problemas:

  • Erros estratégicos – Não planejar, não entender do negócio, investir errado, plano de marketing “Googlizado” e pensar pequeno.

  • Erros operacionais – Desenho organizacional, fluxo de processos, escolha da plataforma, conteúdos mal feitos, integrações e automatizações.

2 – Tendências

Outra habilidade imprescindível é estar por dentro das tendências tanto do e-commerce, quanto da internet e de tudo que esteja relacionado com o seu mercado de atuação.

Assim, procure se atualizar sobre Web 3.0, Web 4.0, Chatbots, assistentes pessoais ou busca por voz, entre outras tecnologias.

3 – Rentabilidade

Saiba como trazer mais rentabilidade para o e-commerce viabilizando estratégias, como frete grátis, parcelamentos e diversas formas de pagamento.

Além disso, para conquistar aumento de conversão é necessário focar usabilidade, marketing, parcerias com bons fornecedores e oferecer promoções.

4 – Logística

O e-commerce depende da logística para realizar suas entregas com qualidade e, por isso, os profissionais devem buscar outras soluções.

Assim, pode ser interessante procurar alternativas, como empresas que façam uso de tecnologia em seus processos ou que transportem cargas menores de lojas virtuais diferentes.

5 – Especialização

Buscar sempre mais informação e mais conhecimento para se especializar no e-commerce. Como esta área está em constante crescimento, muitas profissões surgem e você pode ocupar cargos diferentes conforme se especializa.

Se você gostou deste evento e ficou interessado em saber mais sobre os segredos de uma operação de e-commerce, confira o curso de Gerentes de Ecommerce e Marketing Digital.