Oito dicas para quem pensa em mudar de carreira

Há vários motivos que levam alguém a querer mudar de carreira.

Pode ser porque a atividade paga pouco, a pressão é muito estressante, os horários são incomuns, a profissão está em extinção ou simplesmente porque você se sente atraído e desafiado por coisas novas.

Como dizia Albert Einstein: o pior louco é aquele que faz a mesma coisa e espera resultados diferentes.

Não importa a idade, nunca é tarde para mudar de área. Tem médico que virou advogado, bancário que virou dançarino, mecânico que virou consultor…

Mas sejamos realistas. Abandonar uma profissão estável, com um salário garantido, não é fácil.

Para te ajudar a refletir melhor preparamos algumas dicas para quem está pensando em mudar de carreira.

Você deve fazer um colchão

Prepare-se financeiramente para passar um período de pelo menos um ano ganhando um salário menor ou até mesmo sem remuneração. Converse com a família sobre sua ideia para saber se podem segurar as pontas até que você esteja reposicionado.

Conhecer as pessoas

A forma mais rápida de entrar em um novo mercado é fazendo contato com quem já atua nele. Frequente os lugares que esses profissionais estão. Fazer cursos na área te ajudará muito, desde que você não tenha vergonha de interagir com as pessoas e pedir indicação de vagas.

Estudar o mercado antes de mudar de carreira

Antes de dar o primeiro passo, é melhor estudar bem o novo mercado. Pode ser que sua atração seja superficial ou que seja um mercado de “fachada” onde no fundo, você terá mais problemas, mais stress e vai ganhar menos do que atualmente. Para conhecer um mercado, nada melhor que conversar com as pessoas.

Deixar portas abertas

Ao sair de sua antiga profissão, não apague as luzes nem feche as portas. Pode ser que você volte, nunca se sabe.

Arriscar

Não existe retorno alto sem risco. Dá um frio na barriga, mas não tem outro jeito. Como diz Amyr Klink: Pior que não terminar uma viagem é nunca partir.

Estar disposto a dar um passo atrás

Esse ponto é fundamental. É muito provável que você terá um cargo menor, um salário menor… mas não desanime, encare isso como um aprendizado. Lembre-se do item 1.

Buscar algo que ama

Aqui está a grande motivação da mudança de carreira: perseguir um sonho. Fuja de profissões que “estão na moda”. Se você acreditar no seu sonho, os esforços e a persistência não serão em vão.

Se qualifique 

Faça cursos, leia livros e assine newsletters sobre o assunto. Tente um estágio para começar. Não importa que idade você tenha, calce as sandálias da humildade e deixe a vergonha de lado, você não vai se arrepender.

O mercado digital é o que mais tem atraído profissionais em mudança de carreira. Quer saber mais sobre algumas oportunidades e saber mais sobre esse mercado?

Conheça algumas das especializações mais procuradas clicando aqui.