Logística no E-commerce Brasileiro 2019

Pesquisa Logística no E-commerce Brasileiro 2019

A quarta edição da pesquisa Logística no E-commerce Brasileiro, realizada pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) e pela ComSchool, apontou que a logística, permanece como um importante fator crítico de sucesso para os varejistas virtuais brasileiros. A pesquisa apontou as principais tendências no segmento, no que se refere à armazenagem, manuseio e frete no e-commerce brasileiro.

O estudo aponta que o frete permanece como o maior responsável pelos custos logísticos no e-commerce, com participação de 65,9%. Os números cresceram significativamente em relação a 2017. Em decorrência dos aumentos realizados nas tabelas dos Correios e nos custos diretos das transportadoras. Investir em automação e modernização de processos, bem como em capacitação de equipe, são medidas que podem contribuir para melhor performance no manuseio, e consequentemente, reduzir esses custos operacionais.

E-book Gratuito - Habilidades do Gerente de E-commerce

A dependência dos Correios continua forte. Se por um lado a adesão aos serviços de transportadoras privadas tenha aumentado em quase 60% desde o primeiro estudo em 2013, por outro, a dependência das lojas virtuais em relação aos Correios que vinha em forte queda, voltou a aumentar. Atualmente 88,6% das lojas virtuais utilizam os serviços da empresa pública, contra 93% em 2013.

Não importa se sua loja virtual é pequena, média ou grande. Para sobreviver no mercado, é preciso que a empresa tenha uma boa logística de e-commerce em operações, pois é onde as lojas de sucesso estão ganhando o jogo.

Para ler a versão completa da pesquisa e conhecer outras tendências apuradas, preencha o formulário abaixo: