Saiba o que é benchmarking competitivo e como fazer

Benchmarking é uma poderosa ferramenta usada por muitas empresas para melhorar o seu desempenho e aprimorar sua gestão; é um método muito interessante de ser utilizado pela sua empresa também. É classificado em três: interno, competitivo e genérico ou multi-setorial. Neste artigo vamos abordar o benchmarking competitivo.

Esse método consiste no levantamento de dados e comparações das práticas, serviços e produtos prestados por empresas concorrentes e ajuda a explicar todo o processo que envolve uma excelente “performance” empresarial. Normalmente, as empresas selecionadas para o estudo são as reconhecidas como representantes das melhores práticas.

Fazer benchmarking é muito saudável para o seu negócio, pois através dele é possível ter novas ideias e soluções a partir do modo que as empresas concorrentes estudadas reagem aos problemas e contexto semelhantes aos que você enfrenta.  Basicamente, os pilares do benchmarking são quatro: analisar, interpretar, avaliar e mensurar o comportamento e gerenciamento da concorrência. É a partir dessas práticas que você terá a chance de criar em cima do que já é realizado e – por que não? –  até superar a concorrência.

E quanto ao tamanho do seu negócio, não se preocupe: qualquer empresa, independentemente da sua dimensão, pode fazer benchmarking. Tudo o que você precisa saber está bem aqui.

Como fazer benchmarking competitivo?

O primeiro passo para fazer qualquer melhoria na sua empresa é saber onde a melhoria é necessária. Por isso identifique um objetivo. Sem ele, não adianta em nada ter as mãos cheias de informações. Qual é a área ou função que é preciso melhorar? A área administrativa, produtiva, comercial?

Depois de definir a área a ser comparada, o próximo passo é identificar com quem irá comparar.  Escolher uma empresa que seja excelente no processo que está em foco é muito importante para alcançar resultados eficazes. Você pode tanto pedir orientações a consultorias ou contatos empresariais que você tenha quanto pesquisar na internet ou em publicações qual a empresa com excelência no segmento.

Após os primeiros passos, é preciso sistematizar o processo e traçar um planejamento de visitas e coleta de informações. Mas, durante o processo de coleta deve-se entender como e por que a empresa estudada consegue resultados tão bons. Que tecnologia ela utiliza? Que capacitação deu a seus funcionários? Qual a estratégia usada?

Deve-se consolidar as informações obtidas e analisar os resultados da pesquisa. É fundamental verificar como aplicar essas boas práticas, se as estratégias da empresa estão de acordo, se há recursos para tanto e se vale para o setor, se aquilo tudo faz sentido.

O último passo é transformar tudo o que se obteve em um plano de ação para sua empresa. É preciso avaliar o posicionamento da empresa, tentar melhorar e depois verificar se melhorou mesmo ou não. Lembre-se que o processo de benchmarking deve ser contínuo. Assim como a concorrrência não para, você também não deve parar. Continue comparando onde você está com onde as suas empresas referências estão e como chegaram lá.

.
Dica de Benchmarking Competitivo Digital: adicione a página de seu concorrente em suas lista de interesses e fique de olho nas estratégias e conteúdos postados por ele, veja como ele trabalha e busca prender a atenção dos usuários da rede. Analisando o concorrente e comparando as suas estratégias com as usadas por ele é possível aprimorar o gerenciamento da sua marca nas redes, bem como os seus resultados.  E sempre avalie os resultados obtidos com o plano de prática aplicado à sua gestão.


Quer saber como funciona o mercado digital e tornar-se um profissional qualificado? Então conheça o mais tradicional curso de Gerentes de Ecommerce e Marketing Digital do mercado. Aqui você estuda com alguns dos grandes nomes do e-commerce brasileiro.

Único curso de Gerentes de Ecommerce que tem certificado reconhecido pela ABComm e dá direito a usar o Selo Profissional E-commerce Certificado. Aulas presenciais ou a distância.