Segurança da Informação: use a gamificação para evitar cibercrimes

Gamificação como estratégia contra cibercrimes

Implementar um processo para educar os colaboradores e ampliar seu engajamento é uma forma de provocar mudanças efetivas no comportamento.

Assim, evita-se que, provocadas por simples erros humanos, surjam brechas na segurança da informação.

Os ataques cibernéticos crescem no Brasil e, de acordo com uma pesquisa da Microsof, o país ocupa a 13ª posição em um ranking que indica riscos digitais.

O estudo teve entre seus resultados o risco de 21% serem fraudes cometidas por pessoas conhecidas.

Outro estudo, desta vez realizada pela McAfee, mostrou um caminho diferente para vencer os cibercrimes: a Gamificação.

Este conceito proporciona uma nova forma de absorver naturalmente alguns conteúdos e processos.

Confere sentido de jogo para atividades que não relacionadas com jogos.

E-book - Habilidades do Gerente de E-commerce

Razões para usar a gamificação e evitar cibercrimes

Esse conceito foi usado pela primeira vez pela consultoria de Nick Pelling, programador britânico que passou a ofertar a gamificação em meados de 2003.

A partir de 2011, o termo já fazia parte de diversos dicionários. Confira algumas dicas para evitar cibercrimes:

Estabeleça métricas

Como em todo jogo, ter algumas métricas que ajudem a medir a eficiência das pessoas e dos processos é importante para mostrar o desempenho do colaborador;

Premiar quem segue as regras

 Como nos video-games atuais, a cada conquista o colaborador ganhará um “troféu”. Quem respeitar e seguir as normas de segurança receberá alguma recompensa para encorajar o bom comportamento e tornar a equipe mais engajada;

Determinar incentivos

Assim como em alguns jogos de RPG que conseguimos usar itens que encontramos para melhorar nossas armaduras e acessar determinadas áreas no mapa, estabeleça novos objetivos para que os colaboradores premiados continuem com o bom comportamento;

Estimule o diálogo

Falando ainda em jogos de RPG, conversar com qualquer personagem é importante para descobrir pistas que ajudarão a seguir em frente e conquistar um objetivo. Com a Gamificação é possível definir um estilo novo para proteger os dados da empresa. Por isso, o diálogo é capaz de transmitir a forma como todo mundo deve lidar com as informações;

Ofereça treinamentos para evitar o cibercrime

 Manter os colaboradores alinhados com as melhores práticas oferecendo treinamentos internos ou externos com o conceito de gamificação.

A gamificação, no final das contas, proporcionará um melhor conhecimento das boas práticas de segurança da informação, incentivará a comunicação interna, estimulará a competição saudável e a troca de informações entre as equipes.

Se você gosta de assuntos ligados a tecnologia, confira os cursos que a ComSchool oferece! 

Fique por dentro das últimas novidades e estude com professores que atuam no mercado.