Série 5 Mitos do Ecommerce – Completa!

Quem trabalha com lojas virtuais conhece diversos mitos do ecommerce.

Este artigo tem a intenção de desmistificar algumas visões que distorcem os fatos em determinadas áreas do mundo das lojas virtuais.

Esses mitos fazem com que muitas pessoas com a intenção de se inserir no meio digital, deixem de lado o e-commerce.

Assim, perde-se uma grande oportunidade de sucesso, pelo simples fato de não pesquisarem um pouco mais acerca do assunto.

Mito 1

Preciso necessariamente ter estoque e logística própria para meus produtos?

mitos-do-e-commerce-1-comschool

Esse é um dos primeiros mitos do ecommerce. Dropshipping e Crossdocking podem ser as soluções, para isso, é preciso ter bons fornecedores.

O Dropshipping é uma maneira muito utilizada para resolver o problema de seu estoque. Seus produtos não ficam em um estoque próprio, mas sim, no estoque de seus fornecedores, e a entrega também é feita por eles.

Já o Crossdocking é uma estratégia para diminuir custos com estoque e acelerar todo o processo de entrega.

Seu fornecedor o envia os produtos solicitados, e após o recebimento, a distribuição é feita diretamente para o cliente final, não precisando serem armazenados.

Estas soluções podem diminuir consideravelmente o custo em um e-commerce, por isso sua adesão é muito grande.

A ComSchool conta com o curso de Logística e Engenharia de Vendas no Ecommerce para te auxiliar em suas decisões operacionais de entrega.

Mito 2

Quantidade de páginas garante um melhor posicionamento no Google?

mitos-do-ecommerce-2-comschool

Quantidade nem sempre é sinônimo de qualidade! O Google leva muito em consideração para seu posicionamento a relevância de seu conteúdo para seus clientes.

Por esse motivo, seu site pode ficar melhor situado no ranking do Google e ter um grande tráfego com potenciais clientes utilizando uma boa estratégia de conteúdo.

Uma grande quantidade de páginas pode não ser favorável, caso o contexto não esteja de acordo com seu segmento.

Isso pode aumentar o volume de usuários deixando seu site, e consequentemente negativando sua credibilidade.

Escrever assuntos pertinentes aos interesses de seu público-alvo faz com que você transforme leads em clientes fiéis ou leitores constantes em seu blog, por exemplo.

Por essa razão, o inbound marketing vem ganhando cada vez mais força. É uma nova tendência de marketing responsável por estreitar a relação consumidor x marca.

Abrange um conjunto de estratégias de marketing digital para gerar conteúdo de qualidade e oferecer informações relevantes que despertem o interesse do cliente através de blogs, mídias sociais, email marketing e técnicas de SEO.

A ComSchool oferece o Curso de Inbound Marketing para você otimizar seu conteúdo, atraindo muito mais clientes para seu negócio.

Mito 3

Quanto mais palavras-chave, maior o tráfego em seu site?

mito do e-commerce_comschool

Quantidade de palavras-chave não garante um bom público, mas sim, palavras-chave bem relacionadas com o contexto.

As palavras-chave são decisivas para o sucesso de seu site, porém apenas quando elas se relacionam bem com o conteúdo apresentado.

Um dos maiores problemas na inserção de palavras-chave que não combinam com a proposta de sua empresa, ou do seu segmento, é a chance de muitas pessoas acessarem seu site esperando encontrar produtos ou serviços diferentes do que você oferece.

Isso pode aumentar a sua taxa de rejeição afetando a sua imagem com o consumidor.

Para exemplificar melhor: Quando você faz uma busca no Google à procura de um tênis para correr, você pretende encontrar apenas resultados de marcas que façam tênis para corrida.

Mas se você fizer tal pesquisa, e obtiver resultados diferentes na busca, o site que ofereceu um produto diferente terá um tráfego desqualificado.

O objetivo não é atrair muitas pessoas aleatórias para seu site, mas sim trazer um público interessado no que você oferece.

Melhore suas estratégias de palavras-chave com o curso de SEO da ComSchool. Nesse curso você irá aprender a posicionar melhor seu site nos resultados do Google, e entender todo o funcionamento das ferramentas mais importantes de SEO.

Mito 4

E-commerce não concorre com lojas físicas?

mitos4

Omnichannel já é uma realidade, o cliente busca a mesma experiência nos dois ambientes, por esse motivo, as marcas precisam entender a importância da integração de canais.

Ainda há pessoas dizendo que e-commerce e lojas físicas não são concorrentes. Mas engana-se quem pensa que esses dois mundos são totalmente distintos e não concorrem entre si.

Os clientes estão cada vez mais adeptos a compras em todos tipos de canais, e cada vez mais comparam o preço e a qualidade dos produtos entre loja física e virtual.

Todas empresas que sabem aliar bem os dois mundos tratados acima saem à frente na disputa com seus concorrentes, por isso é importante saber que trabalhar o comércio eletrônico em conjunto com o físico pode ter muitas vantagens.

Como dito anteriormente, os clientes estão aceitando variar cada vez mais os locais de compra, portanto sua chance de alcançar um público maior é certa.

Isso também é um fator que o torna mais forte frente aos seus concorrentes, e o coloca para acirrar ainda mais a disputa no comércio.

Sendo assim, marcar presença no mundo digital é um fator determinante para fortalecer sua marca, alcançar um maior público e te tornar mais competitivo.

Se você deseja montar um comércio eletrônico, ou otimizar seu currículo, faça o Curso de Gerente de Ecommerce e Marketing Digital.

Torne-se um especialista em e-commerce e aprenda todos os passos para gerenciar de modo eficaz sua loja!

Mito 5

Plataforma para e-commerce representa sempre o maior investimento da sua loja virtual?

mitos5

Volta e meia quando discutimos com alguém sobre e-commerce, ouvimos que o valor a ser investido certamente será muito alto com a plataforma.

O valor pode até ser considerado alto, porém nem sempre é o maior investimento do seu negócio virtual.

É importante considerar outros aspectos, como:  logística, estoque, equipe, plano de marketing, planejamento financeiro e tributário, contratação de fornecedores e outras soluções necessárias para o funcionamento da loja virtual.

Todos esses fatores são essenciais para uma loja de sucesso e com saúde financeira estabilizada, mas um e-commerce não é tão simples de ser aberto, portanto requer muitos conhecimentos técnicos.

Quem pretende iniciar um projeto de uma loja eletrônica deve buscar o máximo possível de conhecimento na área, para isso a ComSchool oferece o Curso de Como abrir uma Loja Virtual de Sucesso.

Como vimos, não podemos afirmar que a plataforma é de fato o que requer um valor maior de investimento, porém muitas vezes é necessário utilizar uma com o funcionamento mais robusto

A ComSchool oferece para você, o Curso de Certificação Front End Developer Magento, a plataforma mais usada no mundo!

Para de fato pôr em prática os conceitos de e-commerce é preciso muita pesquisa, força de vontade e não deixar que suposições falsas façam com que você desista antes mesmo de entrar para o mundo dos negócios virtuais.

Revise todos os mitos do ecommerce listados aqui e boa sorte com sua loja virtual!