Transição de Carreira: Abra uma loja virtual

Mude sua carreira e torne-se empreendedor na área de e-commerce

A Transição de Carreira pode ser provocada quando determinada profissão deixa de existir, a idade começa a limitar as oportunidades, o profissional está estressado e insatisfeito com o trabalho atual ou quando o profissional amarga um longo período desempregado.

Este é um reflexo da atual situação econômica em nosso país. De acordo com os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no último trimestre de 2017, a taxa de desocupação de 14,5% para mulheres e 11,5% para homens.

Entretanto, esta situação pode ser tornar motivadora no sentido de transformar a vida profissional. A Transição de Carreira exige um processo bem estruturado para caminhar seguramente neste momento de mudanças.

As opções devem ser variadas e o profissional precisa de muito apoio de sua família, além de planejamento financeiro.

Uma excelente forma de transformar a carreira é tornar-se empreendedor na área de e-commerce. Confira as vantagens de criar uma loja virtual e como criar este empreendimento.

Tenha seu próprio negócio

A principal vantagem de ter seu próprio negócio é a independência, pois você conduzirá sua empresa da forma que achar melhor, assumindo total responsabilidade. Outros benefícios são:

  • Tempo – você define seus horários e pode controla-lo da forma mais adequada aos seus negócios. Entretanto, precisa tomar cuidado com o período que dedica ao seu trabalho, pois empreendedores podem viver uma rotina mais complexas que trabalhadores convencionais.
  • Equipe – você monta a sua equipe ideal, com pessoas que julga eficientes e engajadas. Como você será responsável pelas contratações, o ideal é escolher apenas pessoas que contribuam para o crescimento da sua empresa.
  • Controle – você trabalha com o que gosta e tem total controle da estrutura de seu empreendimento. Na prática, é você quem controla seu sucesso.
  • Desenvolvimento – o crescimento é constante, pois você é sempre desafio a não desistir do seu negócio.

Ter uma empresa é uma ótima forma de concretizar anseios e vontades relacionados ao empreendedorismo, mas sem esquecer as responsabilidades atreladas.

Transforme sua carreira criando uma loja virtual

Uma das melhores e mais simples opções para quem está no processo de transformação de carreira é montar um negócio na internet, como uma loja virtual.

Há inúmeros nichos disponíveis para o empreendedor explorar, como o comércio de livros e produtos artesanais, materiais de escritório, entre outros.

Segundo a consultoria Ebit, em seu relatório Webshoppers de 2017, o e-commerce faturou R$ 44,4 bilhões. Este número comprova como este pode ser um segmento interessante para quem está em processo de transição de carreira e pretende criar sua empresa.

Criar uma loja virtual tem como incentivo principal o baixo custo, pois você pode começar sua empresa na sua própria casa, já que você não precisa alugar um espaço (inicialmente) e pode vender para qualquer parte do mundo. Para criar sua empresa de ecommerce, basta seguir alguns passos. Confira:

  1. Planejamento – você precisa criar seu projeto de negócio considerando os problemas e as demandas dos seus futuros clientes, analisar seus concorrentes, definir o posicionamento da sua loja e prever os riscos;
  2. Contabilidade – procure uma empresa especializada para ajuda-lo a gerenciar a contabilidade, pois é extremamente importante fazer a classificação fiscal para evitar o não pagamento de impostos (ICMS ou ISS, por exemplo);
  3. Plataforma – conforme o seu público-alvo, você deve escolher uma plataforma com código aberto ou com o código proprietário da fornecedora do sistema, por exemplo. Além disso, você pode optar por hospedar a infraestrutura da loja virtual num datacenter ou em sua própria sede (in house);
  4. Conteúdo – tanto a descrição dos seus produtos no site da loja virtual, quanto o material de divulgação da empresa precisa de dedicação redobrada;
  5. Fraude – é necessário ter muito cuidado para transmitir segurança aos clientes e fidelizá-los. Em contrapartida, a loja precisa estar preparada contra ataques de hackers;
  6. Marketing – investir na divulgação de sua empresa para que, cada vez mais, novos clientes encontrem sua loja e adquiram seus produtos;
  7. Backoffice – mantenha sistemas de retaguarda para manter seu e-commerce funcionando. Para isso, adote um ERP, que pode ser integrado a bancos, sistemas fiscais e logísticos, por exemplo;
  8. Jurídico – é importante ter conhecimentos sobre as regras de devoluções e trocas, por exemplo. Além disso, o site da loja virtual deve ter algumas especificações sobre os produtos, deve incluir o contrato de compras, identificar corretamente o fornecedor, entre outras informações que só um bom embasamento jurídico oferece;
  9. Logística – como entregar um produto sem se preocupar com a parte física do negócio? A Logística no e-commerce é ainda mais importante, pois assegura a entrega dos pedidos com integridade e dentro do prazo, com foco na redução de custos;
  10. Equipe – para manter toda a infraestrutura da loja virtual, assim que possível, o empreendedor deve investir em um time de colaboradores especializados nas áreas necessárias para manter o negócio funcionando.

 

Com estes passos você poderá transformar sua vida ao transitar de uma carreira convencional para o empreendedorismo no segmento de e-commerce.

Gostou de entender o processo de Transição de Carreira e como o segmento de e-commerce pode ser uma ótima opção? Conheça melhor está excelente oportunidade de negócios com o curso de Gerente de E-commerce e Marketing Digital.